Márcio Brites

Comércio tradicional o fim ou o início de uma nova era?

A situação do comércio tradicional tem vindo a agravar-se nos últimos tempos. Os comerciantes de Vila Real, Bragança, Murça, e Vila Pouca de Aguiar queixam-se da concorrência das grandes superfícies, da falta de clientes e da inatividade da Associação Comercial.


Comerciantes e clientes estão reticentes em relação ao futuro dos estabelecimentos comerciais e temem que a Rua Direita não recupere a dinâmica e a vivacidade que teve em tempos. Todos se recordam de ver as ruas cheias de gente, a entrar e sair das lojas, numa azáfama constante.

Hoje vêem-se muito menos pessoas a fazer compras na baixa, muito por culpa da “crise”, da “preferência pelas grandes

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários