DR

CNE adverte presidente da Câmara para dever de neutralidade

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) censurou o comportamento do presidente da Câmara de Santa Marta de Penaguião por ter proferido declarações em alguns órgãos de comunicação social e na página oficial de Facebook do município, suscetíveis de “violar os deveres de neutralidade e de imparcialidade em período eleitoral”. 


O CDS-PP de Santa Marta de Penaguião apresentou junto da CNE uma participação contra o presidente da Câmara Municipal “por violação dos deveres de neutralidade e imparcialidade”, alegando uma série de acontecimentos que têm colocado em causa estes deveres, por parte da câmara municipal e mais especificamente do seu presidente, Luís Machado, que também é candidato à

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários