DR

Alberto Machado absolvido do crime de abuso de poder

Em causa estava um alegado favorecimento a uma empresa da Guarda, sobre um estudo prévio para a renovação do Hotel Universal, localizado em Pedras Salgadas.


O presidente da câmara de Vila Pouca de Aguiar, Alberto Machado, ficou “aliviado” depois de ouvir a sentença do Tribunal de Vila Real, que o absolveu do crime de abuso de poder e prevaricação de titular de cargo político. 

Os outros dois arguidos do processo, o antigo presidente da câmara aguiarense, Domingos Dias, e o funcionário da autarquia António Lameiras, também foram absolvidos

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários