Agostinho Chaves

VILAPOUCA, 1| BOTICAS, 1

Canto da sereia, já em tempo de compensação

A primeira parte foi jogada de forma sofrível, sem jogadas entusiasmantes, dada a baixa velocidade imprimida aos lances de ataque que tornavam as tentativas de solução muito previsíveis, ocorrendo muitos cortes atabalhoados e bolas remetidas para fora das quatro linhas.


Af Vila Real, Iniciados

Verificavam-se grandes dificuldades na progressão e, como tal, poucas oportunidades de golo. E foi numa grande penalidade, já na parte final do segundo tempo, que os aguiarenses abriram o marcador. Pelo tempo que faltava jogar e pela disposição das duas equipas que continuavam a render pouco parecia óbvio que os locais conseguiriam os três pontos.

Num elogiável esforço para mudar as coisas, o Boticas mudou de estratégia

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários