Márcia Fernandes

Rapazes ofereceram a gancha como forma de retribuir o pito

Acredita-se que a tradição de S. Brás tenha origem no séc. IV, quando uma mulher pediu ao santo que socorresse o filho que tinha uma espinha entalada na garganta


A tradição de São Brás voltou a cumprir-se em Vila Real. Nos dias 2 e 3 de fevereiro, os rapazes ofereceram a gancha às raparigas, como forma de retribuírem o pito que estas lhes haviam oferecido no dia de Santa Luzia, que se comemora a 13 de dezembro.

Novos e velhos insistem em não deixar morrer a tradição e todos os anos, por esta altura, compram o doce, em forma de b

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários