AFVR

Hóquei Flaviense campeão distrital de juvenis

Título foi decidido nas grandes penalidades


Na primeira parte entrou ansioso e nervoso o Montalegre, a falhar muitos passes e mal na finalização. O Hóquei também não defendia bem mas tinha na baliza um inspirado Tiago Aires. O Montalegre falhava na finalização, do outro lado André Roque abria o marcador com um disparo que passa entre as pernas de Rúben Costa.

Na etapa complementar, melhorou o Montalegre mas o Hóquei defendia bem. Aos 28 minutos João Guedes empata a contenda e Tiago Morais está perto da remontada. No final do tempo regulamentar, o marcador eletrónico mostrava um empate a um golo. Nos dez minutos do prolongamento, a equipa da casa foi mais determinada e agressiva, porém faltava o golo. Os “Tiagos” do Montalegre estão perto do golo- mas nem Rodrigues, nem Alves, nem tão pouco Tiago Alves conseguem o golo. O Hóquei tem uma grande oportunidade, no fecho do prolongamento, mas Iuri atira ao lado.

O título decidia-se nas grandes penalidades, depois do teimoso 1-1 após prolongamento. Nas grandes penalidades brilhou o guarda-redes do Hóquei, Tiago Aires, que defende o penalty decisivo depois de disparo do capitão barrosão Jorge Anjos.

A equipa do Hóquei Flaviense festejava assim o título, 2-1 neste Play-off final. Os jogadores do Montalegre acabaram lavados em lágrimas. O Montalegre teve mais e melhores oportunidades durante os 50 minutos de jogo, todavia foram castigados pela falta de eficácia. O Montalegre não aproveita o fato do Hóquei ter 5 faltas durante todo o prolongamento.

Parabéns ao Hóquei que tem um enorme guardião, Tiago Aires, com uma mão cheia de grandes intervenções.

 

 

 

 

Comentários