DR

Campeões entram a vencer no Troféu TT Nordeste-IPB

Miguel Fernandes, nas motos, e Jacinto Lourenço, em quads, começaram da melhor forma a renovação do título no Troféu TT Nordeste – IPB, que arrancou este domingo na Açoreira, Torre de Moncorvo, com a Resistência da Flor.


Com cerca de 80 pilotos à partida, as condições atmosféricas e uma avaria num cabo do sistema de cronometragem obrigaram a organização, a cargo da Associação Recreativa e Cultural da Açoreira, a encurtar as provas para uma hora de duração.

Nas duas rodas, Miguel Fernandes, em Beta, assumiu o comando logo no arranque e destacou-se da concorrência. Carlos Rebelo encabeçou a perseguição durante algum tempo mas sensivelmente a meio da corrida acabou por se ressentir de uma lesão recente na mão esquerda e teve de baixar o ritmo, vindo a terminar em sexto. Aproveitou Jorge Conde, que também vinha endiabrado, para assumir o segundo posto.

Hugo Rodrigues acabou por ascender à terceira posição, depois de recuperar algumas posições face à partida.

Diego Huertos e Diego Sierra fecharam o top5.

“Foi uma excelente forma de começar a defesa do título, com uma vitória. Foi a primeira prova desta organização e nota-se que ainda têm de melhorar em alguns pormenores mas o percurso esteve bem”, disse Miguel Fernandes.

Nas moto4, já com a chuva a cair em força e o terreno a degradar-se, Jacinto Lourenço deu espetáculo. Encabeçou o pelotão, vencendo com mais de dois minutos de vantagem para Toni Cunha, num duelo entre os dois campeões dos últimos dois anos.

Tiago Afonso terminou no degrau mais baixo do pódio, depois de uma excelente exibição, com Daniel Ramboia e Ricardo Rodrigues a fecharem o top5.

“Foi um bom arranque de campeonato. Há que continuar a trabalhar para manter a liderança”, destacou Jacinto Lourenço.

Para Nuno Gonçalves, presidente da Câmara de Torre de Moncorvo, este tipo de eventos “é importante, sobretudo para uma freguesia que não é a da sede de concelho”. “Ajuda a dinamizar a economia local, pelo que é importante que continue”, sublinhou o autarca.

Comentários