DR

Estudantes da UTAD vencem desafio LIGHTNING TALKS

O prémio é a participação na maior e mais prestigiada conferência europeia de redes de investigação - TNC 2018 - a realizar na Noruega.


Jorge Miguel Mendes, aluno de Doutoramento em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores e José Pedro Brito, aluno de Mestrado em Engenharia Informática, ambos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), foram selecionados para participar na maior conferência de redes académicas que este ano se realiza em Trondheim, na Noruega.

Os dois estudantes da UTAD foram selecionados pela FCCN, unidade da Fundação para a Ciência e Tecnologia e, além de poderem viajar para a Noruega e terem a oportunidade única de serem oradores na conferência, receberão ainda três formações técnicas gratuitas, sob a forma de webinars, para que possam preparar-se melhor para o grande dia.

Anualmente, a organização da TNC lança o convite às National Research and Education Network (NREN) de vários países para que estas apoiem jovens talentos locais, através da submissão de candidaturas às Lightning Talks. Estas são uma excelente oportunidade para oradores que se aventuram na sua primeira apresentação. Em cinco minutos têm de apresentar a sua ideia perante a plateia da conferência, que junta anualmente cerca de 650 participantes de vários países.

A TNC é a maior e mais prestigiada conferência europeia de redes de investigação. Reúne decisores, gestores de redes e especialistas em colaboração e gestão de identidade, provenientes das principais organizações europeias de investigação e ensino, universidades, instituições congéneres mundiais, e muitos representantes da indústria tecnológica.

Projetos da UTAD a apresentar

Bolseiro de doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia, Jorge Miguel Mendes tem como orientadores os professores Raul Morais dos Santos, da UTAD, e Filipe Santos, do INESC-TEC e leva a esta competição o projeto “mySense”uma plataforma de suporte à integração de dados provenientes de dispositivos IoT (Internet das Coisas), aplicados ao setor agroflorestal.

“A plataforma mySense é o resultado da necessidade de integrar dados de várias fontes, em particular de dispositivos IoT (Internet of Things), que recolhem dados nos vários domínios do agroflorestal e agricultura/viticultura de precisão. Numa perspetiva modular, a plataforma mySense incorpora vários módulos de processamento com o objetivo de suportar a interação entre os dados adquiridos e armazenados numa nuvem, com sistemas de suporte de apoio à decisão, fundamentais no contexto de previsão de doenças, monitorização avançada de processos agrícolas, gestão florestal e irrigação inteligente”.

José Pedro Brito, é bolseiro de Mestrado e tem como orientadores os professores Amadeu Borges e Emanuel Peres Correia, ambos da UTAD, e leva à competição uma Plataforma integradora e colaborativa para a gestão da sustentabilidade, que consiste na monitorização ambiental e gestão de recursos, com recurso a uma rede de sensores para aplicação no Ecocampus da UTAD.

“A plataforma baseia-se no princípio da gestão de recursos como forma de aumentar a eficiência e a eficácia sob a premissa “we can go far if we are efficient” e tem como objetivo a abordagem integrada de eficiência e eficácia nas instituições, recorrendo a novas tecnologias TICE de recolha de dados em tempo real e gestão remota, interoperável com os sistemas existentes e que permite a disponibilização de dados abertos, capacitando e dotando as instituições de ferramentas para a gestão eficiente de recursos e tratamento inteligente de dados para uma efetiva redução de custos e constante monitorização ambiental para salvaguardar quaisquer perturbações na saúde humana”.

Estes projetos integram-se dentro dos temas da edição de 2018 da TNC, que vai concentrar-se no poder da Internet, na responsabilidade da sustentabilidade e da entrega, o poder da análise de dados, a criação de complexidade inteligente e a rede à velocidade da ciência.

Comentários