Colégio Salesiano de Poiares vai fechar

A instituição de ensino vai fechar afetando 225 alunos, 25 funcionários, 21 professores e o motor social e económico que fazia mexer toda esta aldeia do Douro vinhateiro.


Enquanto quase todas as aldeias do interior perdem serviços e população, o percurso era inverso para Poiares, para onde fluíam alunos da Régua, de Vila Real e de outros concelhos próximos, professores, funcionários e onde um colégio alavancava muitos e pequenos negócios.

O vice-diretor, Fernando Coelho, confirmou à agência Lusa a decisão de encerrar o estabelecimento de ensino, que funcionava no regime de contrato de associação com o Ministério da Educação.

Durante a próxima semana ainda se vão ouvir os gritos das crianças a brincar no pátio. O presidente da Junta de Freguesia de Poiares, Paulo Primo, disse que só quando o “silêncio cair” sobre o colégio é que se vai sentir o encerramento.

“Vai ser uma grande perda para esta e as aldeias vizinhas. Isto toca praticamente todas as famílias porque há sempre alguém que tem um familiar que anda no colégio ou vai perder o emprego”, salientou.

Paulo Primo referiu que a maioria dos funcionários &

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários