Agostinho Chaves

EDITORIAL

Unir pombas e falcões

A reunião de anteontem, ao que me chegou pela comunicação nacional portuguesa e internacional, assim como pelas redes sociais, terá corrido muito bem. 


Até vai ser possível que Trump e Kim Jong-un venham a ser contemplados com o próximo Prémio Nobel da Paz, o que seria fantástico, atendendo a que estas duas personagens da vida política atual, líderes dos Estados Unidos (um potentado na indústria das armas) e da Coreia do Norte (um potentado da indústria dos mísseis), foram considerados falcões de guerra, detentores

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários