DR

Engenheiro transmontano distinguido na Polónia

A Faculdade de Engenharia Mecânica e a Faculdade de Tecnologia e Ciências Naturais da Universidade de Wroclaw, na Polónia, distinguiu dois engenheiros portugueses, o transmontano José Correia e Abílio de Jesus, ambos com passagem na sua vida académica e profissional pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), pela sua “contribuição científica nas áreas da fadiga, fratura e integridade estrutural, no que respeita às engenharias mecânicas e tecnológicas. 


José Correia, natural de Peso da Régua, é atualmente professor auxiliar convidado na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e encontra-se a desenvolver o seu pós-doutoramento. Licenciou-se em Engenharia Civil pela UTAD e, embora continue a desenvolver uma atividade académica e científica, está ainda ligado ao mundo empresarial, com uma empresa de projetos de engenharia na cidade de Vila Real. Em termos científicos, a sua investigação não tem parado de progredir, pelo que o seu trabalho e os seus resultados têm merecido o reconhecimento não apenas nacional, mas também internacional. 

Contactado pela VTM, José Correia não escondeu a sua satisfação e salientou que “foi deveras gratificante” receber uma distinção desta índole de uma universidade estrangeira. 

“Este prémio é o reconhecimento da atividade científica na área da fadiga, fratura e integridade estrutural por uma das melhores universidades polacas e vai no seguimento da minha eleição, em 2017, como presidente de um comité técnico europeu TC12 – Segurança e Análise de Risco de Estruturas de Grande Porte e Detalhes Estruturais da ESIS, pelo que é todo um reconhecimento de um trabalho desenvolvido na área”. 

Já Abílio de Jesus foi docente durante 18 anos no Departamento de Engenharia da UTAD e encontra-se atualmente a desempenhar função de professor e investigador na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Abílio de Jesus também se tem afirmado na ciência com uma produção científica “invejável”, com mais de 100 artigos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais. 

A consistência do seu trabalho prende-se com a investigação na área da fadiga e fratura de materiais e estruturas, intimamente relacionada com a engenharia e a tecnologia. 

Comentários