DR

Sete homens identificados por posse de arma proibida

A Polícia Judiciária (PJ) identificou e constituiu como arguidos sete homens suspeitos dos crimes de detenção de armas proibidas e apreendeu 15 armas e 500 munições, em Valpaços.


As diligências foram realizadas pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real.

Os arguidos, segundo esclareceu a PJ em comunicado, possuem idades entre os 34 e os 60 anos e atividades profissionais ligadas à construção civil e agricultura.

A Judiciária disse que os homens foram identificados e constituídos arguidos, “pela presumível prática dos crimes de detenção de arma proibida”, tendo sido apreendidas, no âmbito da ação, 15 armas de fogo e cerca de 500 munições de diversos calibres.

A PJ referiu ainda que os arguidos vão aguardar em liberdade os posteriores termos do processo.

Comentários