DR

Guarda prisional morreu durante formação

Uma guarda prisional, de 32 anos, natural de Mesão Frio, foi baleada na carreira de tiro da cadeia do estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo, em Paços de Ferreira, onde acabou por morrer.


Ao que tudo indica, a vítima estaria numa ação de formação e acabou por ser atingida acidentalmente por uma bala de um dos formadores.

Em comunicado, a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRS), referiu que “um dos formadores presentes atingiu, inadvertidamente, com um projétil no peito, uma guarda do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo que se encontrava a receber formação”.

Ao local foram chamados elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), por volta das 11h06, mas, quando chegaram ao local a guarda prisional já estava em paragem cardiorrespiratória. Apesar das manobras de reanimação, o óbito foi declarado no local, às 12h28.

A VTM sabe que a vítima, Carla Amorim, nasceu em Mesão Frio e mudou-se para Baião com a família quando era ainda criança, há mais de 25 anos. Apesar de não conhecer a vítima, o presidente da câmara de Mesão Frio, Alberto Pereira, referiu que “é uma situação muito triste e lamento o sucedido”.

Neste momento estão em curso várias diligências para apurar o que esteve na causa deste acidente e foi aberto um inquérito.

Comentários