DR

Diocese de Vila Real recebeu encontro dos Cursilhos de Cristandade

O bispo de Vila Real, D. Amândio Tomás, incentivou os secretariados dos Cursilhos de Cristandade (MCC) da zona Norte a serem “discípulos missionários”, na reflexão que apresentou num encontro do movimento na diocese.


O movimento está em Portugal desde 1960 e o primeiro Cursilho realizou-se em Fátima, de 29 de novembro a 2 de dezembro desse ano.
Numa informação enviada à Agência Ecclesia, Carolina Eiras, da Diocese de Bragança-Miranda, realça que a partilha de experiências e vivências “enriqueceram e entusiasmaram” os secretariados do MCC de Aveiro, Braga, Bragança-Miranda, Lamego, Porto, Viana do Castelo e Vila Real a continuar o seu serviço “com a certeza que o encontro com Cristo é fundamental, na Evangelização dos ambientes”.
“Saímos reforçados na amizade, confirmando assim, a grande família que é o MCC. Estamos conscientes da nossa missão evangelizadora”, acrescentou, em declarações citadas pelo Secretariado das Comunicações Sociais da Diocese de Bragança-Miranda.
O Movimento dos Cursos Cristandade nasceu em Palma de Maiorca (Espanha), em 1949, e tem reconhecimento canónico pela Santa Sé como “estrutura de coordenação, promoção e difusão da experiência dos cursilhos de Cristandade, tendo personalidade jurídica privada”.
 

Comentários