GNR

OUVIDOS NO TRIBUNAL DE ALIJÓ

Prisão preventiva para suspeitos de tráfico de droga

Os três dos quatro detidos suspeitos do crime de tráfico de estupefacientes ficaram em prisão preventiva, sendo que um deles ficou sujeito a termo de identidade e residência. Os indivíduos foram ouvidos ontem no Tribunal Judicial de Alijó.


No âmbito de uma investigação que decorria há um ano, a GNR explicou, em comunicado, que os detidos possuem idades compreendidas entre os 30 e os 43 anos e antecedentes criminais também pelo crime de tráfico de droga.

No âmbito da operação, que decorreu no domingo e na segunda-feira, foi ainda identificado um outro homem de 41 anos, pela prática do mesmo tipo de ilícito.

De acordo com a Guarda, a investigação foi desencadeada por militares do Núcleo de Investigação Criminal de Peso da Régua que realizaram sete buscas domiciliárias, uma num estabelecimento comercial e dez em veículos.

Estas buscas resultaram na apreensão de 30 doses de heroína, quatro armas de fogo ilegais, 806 munições e cartuchos de vários calibres, 87 euros e três telemóveis.

Recorde-se que o indivíduo identificado foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

 

Comentários