DR

128 ANOS DOS BOMBEIROS DA CRUZ VERDE

Aniversário com vários momentos altos

As comemorações do 128º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real - Cruz Verde prolongaram-se ao longo de um mês, tendo encerrado no dia 1 de janeiro.


Do vasto programa de atividades, destaque para a inauguração do Centro de Formação e Instrução, homenagens aos bombeiros falecidos, a festa de Natal para os filhos dos bombeiros, o jantar de fim de ano e o tradicional 1º de janeiro, que se prolongou durante o dia com várias solenidades.

Tal como há 128 anos, no primeiro dia de janeiro, com o aparecimento dos primeiros raios de sol, o corpo de bombeiros da Cruz Verde formou-se em frente ao quartel, onde foram hasteadas as bandeiras. Seguiu-se um desfile, de bombeiros e de elementos da fanfarra, pelas ruas da cidade em direção ao Largo do Pioledo, onde foi prestada homenagem ao “Monumento do Bombeiro”, que ali se encontra. Após esse momento, teve lugar na Igreja de São Pedro uma missa solene dedicada aos soldados da paz e sócios falecidos, contando mais uma vez com a “oração prestimosa” do bispo de Vila Real, Amândio Tomás.

Neste mesmo dia, o comando e corpo de bombeiros dirigiram-se até ao largo do município e apresentaram cumprimentos ao executivo municipal.

O autarca de Vila Real, Rui Santos, convidou os bombeiros para entrarem na câmara municipal, onde foram abordados assuntos sobre a atuação dos bombeiros na sociedade civil.

Durante a tarde, o quartel esteve aberto aos associados e amigos para um momento de confraternização e desejos de um bom ano.

As comemorações encerraram com o tradicional desfile dos bombeiros pelas ruas da cidade, cumprimentando os seus cidadãos e mostrando a união da força de servir a humanidade.

Comentários