Projeto turístico da região premiado pelo programa ALA+T

O projeto turístico Digital Nomads Adventure, desenvolvido por técnicos dos municípios de Mondim de Basto, Amarante, Baião, Cabeceiras de Basto e da CIM do Tâmega e Sousa, foi um dos premiados pelo programa Ala+T – qualificar para o Turismo, promovido pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT), com o apoio do Turismo de Portugal.


Os projetos vencedores foram conhecidos esta quarta-feira, numa cerimónia que decorreu em Castelo Branco e que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, do Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo e do Presidente do IPDT, António Jorge Costa.

Na cerimónia de apresentação dos projetos, o município de Mondim de Basto fez-se representar pelo vereador Paulo Mota e por Sílvia Carvalho, técnica que integrou e colaborou na iniciativa.

Com este prémio, o grupo da região garante financiamento para a implementação do projeto Digital Nomads Adventure no território que abrange estes concelhos.

O programa ALA+T decorreu entre setembro de 2018 e fevereiro de 2019 e contou com 200 participantes, divididos por 19 grupos.

Comentários