DR

Nova associação quer azeite do Douro com Denominação de Origem Protegida

O Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Douro (CEPAD) nasceu na semana passada em Tabuaço e pretende acrescentar valor a um produto que “é de excelência”, mas que lhe falta a certificação.


Carlos Carvalho, presidente da Câmara de Tabuaço, classificou que a constituição deste Centro “é um marco histórico para a cultura do olival e do azeite do Douro”, uma vez que “é um dos melhores do mundo”. 

“A partir de agora, iremos desenvolver todo o processo para que o nosso azeite seja classificado com Denominação de Origem Protegida (DOP)&rdquo

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários