CDG

FEIRENSE 4 | 4 CHAVES

Jogo de loucos: marcas tu, marco eu

O Marcolino de Castro foi palco de um jogo cheio de emoções, com quatro golos para cada lado, mas que não deixou plenamente satisfeitas as duas equipas. 


Com o destino traçado, o Feirense lutava pelo profissionalismo e por alcançar um triunfo, o que não acontece desde a segunda jornada quando derrotaram o Vitória de Guimarães no D. Afonso Henriques. Os transmontanos entravam em campo com o mesmo propósito, mas ainda com o objetivo da manutenção por alcançar.

Os flavienses seriam os primeiros a chegar ao golo por intermédio de William, com um bonito toque de calcanhar que bateu Caio Secco. A reação dos fogaceiros foi quase imediata, com Djavan a desviar para as redes um cabeceamento de Flávio

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários