GDC

CHAVES 1 | 2 SETÚBAL

Jogo de “mata-mata” decide permanência

Consequência do empate do Tondela em Alvalade, os transmontanos sabiam que a decisão sobre a manutenção estava adiada para a última jornada no reduto dos tondelenses, sendo certo que uma das equipas acompanhará Nacional e Feirense no regresso à II Liga.


Aos sadinos bastava uma igualdade para carimbarem a permanência no escalão máximo do futebol, mas foram mais longe e triunfaram.

Com mais de sete mil adeptos presentes nas bancadas, os transmontanos entraram adormecidos permitindo que a equipa sadina fosse tomando conta do jogo. Mais rápidos e agressivos, os vitorianos impunham-se a um Chaves que desapontou os seus adeptos. A melhor entrada dos setubalenses seria coroada com dois golos nos primeiros remates que fizeram, nos quais a defensiva flaviense e o seu guarda-redes não estão isentos de culpas.

Os transmontanos tinham que correr atrás do resultado, mas nunca o fizeram da melhor maneira. Havia um claro deserto de ideias

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários