LC/JPB

SC VILA REAL 2-1 SC VILA POUCA

Vila Real vence taça em jogo impróprio para cardíacos

Numa final inédita, imprópria a cardíacos, foi o Vila Real que arrecadou, uma vez mais, a Taça AFVR, depois de levar a melhor, durante o prolongamento, perante o Vila Pouca, que vendeu cara a derrota. 


Desde cedo que se notou que ambas as equipas estavam determinadas a vencer. Com um ambiente frenético nas bancadas, quer a formação aguiarense, quer a alvinegra começaram o jogo de forma muito concentrada e com uma estratégia muito própria. 

Na primeira parte, o Vila Real ia procurando chegar à área da equipa adversária apostando na velocidade de Rui Sampaio e na capacidade construtiva de Zé Pedro, mas a linha defensiva do Vila Pouca não cedia e, rapidamente, colocava a equipa no ataque, com várias investidas do capitão Duarte Paço a criar muito perigo. 

No entanto, a bola teimava em não entrar na baliza, pelo que a agressividade do jogo aumentava sobretudo a meio-campo, com os jogadores a puxarem da força

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários