DR

\\ NO PORTO

Projeto "No Poupar Está o Ganho" sensibiliza jovens para a gestão económica

No próximo dia 11, às 14h00, realiza-se na Fundação Dr. Antonio Cupertino de Miranda, no Porto, a sessão de encerramento da 9ª edição do projeto "No Poupar Está o Ganho" e a entrega de prémios às turmas vencedoras do Concurso Final.


O projeto de Educação Financeira “No Poupar Está o Ganho”, dirigido a alunos do pré-escolar, 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico e secundário, tem como objetivo sensibilizar as gerações mais novas para a importância de, desde cedo, adquirirem hábitos saudáveis relativamente à gestão do dinheiro, promovendo de forma lúdica o desenvolvimento de competências que permitam a tomada de decisões corretas e informadas no futuro.

Deste Programa constam várias atividades ao longo do ano letivo e, entre elas, destaca-se a possibilidade de os alunos colocarem a concurso trabalhos realizados na escola sobre temáticas financeiras.

A decorrer desde 2010, "No Poupar Está o Ganho" já envolveu mais de 24 mil jovens, desenvolve-se ao longo de todo o ano letivo, inclui formação para professores e disponibiliza a professores e alunos todos os recursos pedagógicos necessários à aprendizagem da educação financeira.

O evento contará com a presença de João Costa, Secretário de Estado da Educação, que entregará os prémios às turmas vencedoras, assim como Presidentes de Câmara e Vereadores da Educação dos 34 Municípios participantes no projeto.

O projeto “No Poupar Está o Ganho” é apoiado Portugal Inovação Social, através do Fundo Social Europeu, e os prémios entregues aos professores e aos alunos das turmas vencedoras desta edição serão oferecidos pela Douro Azul, Grupo Amorim, Cerealis, Olá, Lactogal, Panike e Uriage. Haverá ainda um prémio especial para o melhor trabalho sobre o tema “Seguros”, que será oferecido pela Associação Portuguesa de Seguradores.

De referir que a promoção deste evento é da responsabilidade da Fundação Dr.António Cupertino de Miranad, que visa sensibilizar as gerações mais novas para a importância de adquirirem comportamentos saudáveis quanto à gestão de dinheiro e tem como parceiros institucionais a Universidade do Porto, através da Faculdade de Economia, o Banco de Portugal e a DGEsTE – Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares.

Comentários