Márcia Fernandes

Emigrante brilha na televisão a mostrar petiscos portugueses

Célia de Oliveira deixou Vila Real há 31 anos para ir para a Suíça, quando ainda era uma criança que brincava com os amigos no Bairro da Araucária. Apesar da tenra idade com que partiu, aos 8 anos, Célia ainda se recorda bem do dia em que deixou tudo para trás e foi com os pais para o país helvético, onde enfrentou o grande choque da língua e da cultura. “Eu só queria brincar, mas era difícil comunicar com as outras crianças. Aprendi o italiano com maior facilidade, pois era uma língua latina”. 


Entretanto, na escola começou a apreender outras línguas, como o alemão e o dialeto suíço. Depois de acabar os estudos, teve várias profissões e teve dois filhos. Numa fase em que a vida estava mais complicada, há cerca de 5 anos, Célia colocou mãos à obra e foi à luta. Começou por dar aulas de culinária numa





 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários