ASL

Feira das Ciências promove gosto científico nos mais novos

Mais de 2500 crianças visitaram evento que teve como novidade a apresentação dos trabalhos realizados ao longo do ano no âmbito da escola de Ciência Viva para alunos do 1º ciclo


Mais de 2500 crianças vão passar pela IV Feira de Ciências de Bragança, maior evento de ciência de âmbito escolar do concelho, que decorre até dia 14 deste mês, na praça do município. Com o objetivo de promover e incentivar os mais novos para a área científica, a iniciativa teve como grande novidade a participação da Escola Ciência Viva, que decorreu no Centro de Ciência Viva (CCV) de Bragança, ao longo do ano, envolvendo todos os alunos do 4º ano do concelho.

Hernâni Dias, presidente da autarquia, explicou que os alunos das 17 turmas que integraram a Escola Ciência Viva têm assim a oportunidade de mostrar aos visitantes o que aprenderam ao longo do ano, sendo “uma forma interessante de transmitir a ciência numa feira que se pretende que seja um espaço de promoção e de incentivo à ciência e que envolve mais de dez instituições”.

“É uma mostra de ciências que permite às crianças que a visitam aprender a interessar-se pela ciência. Faz parte de um conjunto de iniciativas que organizamos ao longo do ano no sentido de promovermos a ciência e mostrarmos tudo o que tem que ver com esta componente, nomeadamente a ambiental”, concluiu o autarca.

Ivone Fachada, diretora executiva do CCV de Bragança, sublinhou que, para além da presença dos alunos que frequentaram a Escola de Ciência Viva que revelam a aprendizagem realizada através da investigação, “desafiando a aprendizagem pela colocação de perguntas”, e das atividades científicas relacionadas com o território, a grande novidade é a participação do PINTA, Parque Ibérico de Natureza, Turismo e Aventura, de Vimioso, com atividades da área da biologia, e do ZASNET, Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial, que dá a conhecer os recursos endógenos do território.

“O ZASNET representa a cooperação transfronteiriça que estamos a tentar desenvolver e, no próximo ano, queremos ter as escolas espanholas a dinamizar atividades nesta feira de ciências”, avançou Ivone Fachada.

A Feira de Ciências é organizada pelo município de Bragança, Instituto Politécnico, Centro de Ciência Viva, entre outras entidades, contando com a participação de diversas instituições, bem como das escolas do concelho que apresentam o trabalho desenvolvido ao longo do ano nos seus clubes de ciência.

Comentários