DR

AEPGA cancela L Burro I L Gueiteiro por incompatibilidade com Galandum Galundaina

A Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino de Miranda do Douro cancelou o Festival Itinerante da Cultura Tradicional, L Burro I L Gueiteiro, que há 16 anos se realiza no planalto mirandês, tendo já sido galardoado com prémios internacionais.


Contactada pela VTM, a AEPGA não quis acrescentar detalhes, registando em comunicado que a organização “informa com grande tristeza que lhe foram retiradas as condições para concretizar o festival do L Burro I L Gueiteiro”.

A edição de 2019, com data prevista entre 24 e 28 de julho, iria decorrer nas aldeias de Fonte de Aldeia e Picote. Contudo, como refere a AEPGA, “devido a diversas posições assumidas pela Galandum Galundaina - Associação Cultural deixou de existir uma partilha de valores e objetivos comuns, o que torna inviável o processo de produção do festival, não restando outra alternativa à AEPGA senão admitir que a parceria com a Galandum Galundaina – Associação Cultural na organização do festival de L Burro I L Gueiteiro chegou ao fim”. O comunicado acrescenta ainda que a AEPGA “lamenta profundamente o afastamento da organização do L Burro I L Gueiteiro a que foi forçada, pois organiza este festival único há mais de 16 anos, mas sem condições de trabalho não é possível alcançar bons resultados”.

A associação cultural Galandum Galundaina não quis para já prestar qualquer esclarecimento, deixando para mais tarde, depois de avaliada a situação, a comunicação da sua posição.

A AEPGA adianta ainda que irá projetar um novo evento, num formato adaptado aos desafios emergentes, continuando “a adotar uma abordagem que toma o burro como um todo, composto não só de dimensões biológicas que interessam conservar, mas também de uma imensa riqueza cultural e que, assente na sustentabilidade e preservação do meio envolvente, garanta uma experiência ímpar às pessoas locais, aos participantes, músicos, artistas, voluntários e parceiros”.

No que diz respeito às inscrições que já tinham sido realizadas, a associação diz que os participantes poderão usufruir dos dias destinados ao festival, deslocando-se ao Centro de Valorização do Burro de Miranda, para participarem na festa da sua inauguração, no dia 27 de julho.

Comentários