CS da Diocese de Bragança-Miranda

Bispo ordenou novo sacerdote para a diocese transmontana

O bispo de Bragança-Miranda ordenou no domingo um novo sacerdote para a diocese, na Sé de Bragança, e destacou a responsabilidade de todo o presbítero em “viver e transmitir a alegria da paz que é o próprio Jesus Cristo”.


Na homilia da celebração, D. José Cordeiro apontou como modelo Frei Bartolomeu dos Mártires, antigo bispo da diocese e que, este sábado, foi elevado aos altares, como santo, na sequência da aprovação por parte do Papa Francisco de um decreto para a sua canonização.

Frei Bartolomeu dos Mártires que, recorda D. José Cordeiro, apoiava a sua missão como homem de Deus em três pilares.

“O nosso santo Bispo Bartolomeu dos Mártires dizia: "Ficai sabendo que a tranquilidade da vossa consciência depende do cumprimento destes dois preceitos. Pregação e exemplo. Mas, se quereis ser prudentes, juntai-lhe um terceiro. O amor da oração”, relembrou D. José Cordeiro.

O bispo de Bragança-Miranda frisou, durante a celebração, algumas das problemáticas que, hoje, devem estar bem presentes no coração de todos os sacerdotes da diocese, a começar pela situação dos mais débeis e enfermos, dos mais idosos,

“Caros Presbíteros, continuai sempre a diaconia da caridade na visita às pessoas doentes e mais velhas e mais vulneráveis das comunidades que vos estão confiadas, manifestando a proximidade de Cristo nas famílias, nas casas, nas IPSS’S, no coração de quem sofre, de quem vive só e à espera de uma bênção, de um beijo, de um abraço e de uma mão que abençoa, aperta e consola”, apelou D. José Cordeiro.

O responsável católico destacou ainda que cada sacerdote “é chamado a ser um lugar de esperança e de luz”, porque todo o Presbitério é obra da Santíssima Trindade e conduz à fraternidade sacramental dos presbíteros entre si e o povo santo de Deus”.

O novo padre, Jorge Miguel Pinto, é natural de Bragança, tem ascendência materna em Lagoa, Macedo de Cavaleiros, foi batizado a 8 de dezembro de 1995 e ingressou no Seminário em 2012.

Estudou teologia na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, em Braga, e fez estágio pastoral nas Unidades Pastorais de Santa Maria do Sabor e de São Bento.

Comentários