Tribol regressa para mais um grande evento no areal do Codessais

Evento arranca esta sexta‑feira e prolonga‑se até domingo, em que promete muita animação, mas não esquece a solidariedade, desta vez é para ajudar a Rita a andar


Está tudo a postos para a 12ª edição do Tribol, uma modalidade que junta o futebol, o andebol e o voleibol. É já amanhã que começa o evento que promete grande animação, muitas atividades, na zona de Codessais, em Vila Real.

Este ano, a principal novidade é o EcoTribol, em que o objetivo passa por reduzir a utilização de plástico durante os três dias de atividades. Adriano Tavares, o impulsionador do Tribol, explica à VTM que organização está ciente dos problemas que o plástico traz ao planeta e com este simples gesto quis dar o seu contributo em defesa do meio ambiente. “Teremos um eco-copo, que servirá para substituir os habituais copos das cervejeiras, e temos ainda as eco-garrafas de água, que serão oferecidas aos participantes, que poderão enchê-las com água potável mesmo no local, disponibilizada pela EMAR”.

TRIBOL SOLIDÁRIO

O Tribol Solidário pretende continuar a ajudar quem mais precisa e este ano, para além de se fazer uma recolha de alimentos para a Cruz Vermelha de Vila Real, haverá uma recolha de fundos a favor da causa “Eu vou ajudar a Rita a andar”. “A Rita é uma menina que tem problemas de mobilidade e nós queremos ajudar nos tratamentos, que são bastante caros”, referiu Adriano Tavares, que desvendou mais algumas novidades do Tribol, que volta a contar com 16 equipas, vindas sobretudo de Vila Real, mas há também outras que vêm de Aveiro, Amarante e de Braga. “As inscrições superaram largamente a oferta e por isso tivemos de fazer uma seleção de acordo com um regulamento. Infelizmente, o espaço não tem condições para receber mais equipas e tivemos de limitar as inscrições”.

JOGO DAS ESTRELAS 

O tão aguardado “Jogo das Estrelas” contará com nomes bem conhecidos do público, como o brigantino Arnaldo Pereira, o jogador de futsal mais internacional de sempre pela seleção nacional. Outra confirmação é Ricardo Andorinho, um jogador que se tem destacado não só no andebol nacional, mas também internacional, onde conquistou vários títulos. Contam ainda com o guarda-redes da seleção nacional, Humberto Gomes, uma presença assídua no areal do Codessais. 

No voleibol, estará presente Catarina Costa, que se sagrou oito vezes campeã nacional, nos vários clubes por onde passou. Venceu ainda quatro taças de Portugal. 

“Tivemos algumas dificuldades em trazer mais estrelas, porque há vários eventos a decorrer ao mesmo tempo”, frisou Adriano Tavares, que acredita que será mais um fim de semana de festa na cidade transmontana, onde vão atuar os “Gato Pardo”, na Triparty, onde também atuará o DJ Zé Carlos, na noite de sábado. 

José Maria Magalhães, vereador do Desporto da Câmara Municipal, sublinha a audácia dos “jovens” que decidiram avançar com a iniciativa, que é já hoje uma marca de Vila Real. “As coisas difíceis até parecem fáceis, quando têm por trás estes jovens que organizam este evento que leva o nome de Vila Real a todo o país. É um orgulho para a autarquia ser parceiro nesta iniciativa”.   

Francisco Rocha, presidente da junta de Vila Real, revela que o Tribol “é muito mais”, pois é já um dos eventos desportivos que “mais abrangência tem na nossa comunidade, não só na atração de atletas reconhecidos do desporto nacional que vêm conhecer Vila Real, mas também levar o nome da cidade para fora da região, o que acaba por ser fundamental para a promoção da cidade”.

Sobre a novidade deste ano, o presidente da junta realçou que cada vez mais a nossa sociedade reclama por medidas concretas e não só retórica no que diz respeito à sustentabilidade e aos desafios do clima. “É uma das mensagens que queremos transmitir a todos, desde as crianças aos adultos, que devem adotar medidas no seu dia-a-dia, para enfrentar os desafios que as alterações climáticas nos colocam”. 

O Tribol é uma organização conjunta entre a Associação de Andebol de Vila Real, a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Vila Real. 

Comentários