NACIONAL 3 | CHAVES 0

Transmontanos com sinais positivos e de preocupação

Uma semana depois de terem afastado o Nacional da Madeira da Taça da Liga, os transmontanos, na primeira jornada da Liga Pro, foram derrotados sem margem para quaisquer dúvidas, embora os números finais sejam demasiados pesados por aquilo que a equipa de José Mota fez na primeira parte do encontro, período em que deixou sinais positivos, enquanto a etapa complementar sinais de preocupação


Ambos os treinadores mexeram nos onzes que apresentaram na Taça da Liga, com Luís Freire a trocar apenas uma unidade (Kaka deu o lugar a Jota) e José Mota a promover três alterações (Ricardo no lugar de Igor, José Gomes no lugar de Viegas e João Teixeira em detrimento de Paredes).

Bem posicionados no terreno de jogo, apesar de um ligeiro ascendente dos locais na posse de bola, os transmontanos dispuseram na etapa inicial de boas oportunidades para descerem às cabines com vantagem no marcador. Logo aos 6`um excelente cruzamento de José Gomes encontrou Platiny solto na área que cabeceou com muito perigo. O mesmo jogador viu Rui Correia (15`) impedir os seus festejos sobre a linha fatal.

A reacção dos insulares terminou com a bola no fundo das redes de Ricardo (23`), mas Rochez encontrava-se em posição irregular.

Antes do intervalo mais duas oportunidades para os transmontanos. Costinha disparou ao lado (28`) e Wagner teve a mais soberana oportunidade (43`), após

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários