Arquivo VTM

DOCUMENTO APROVADO POR MAIORIA EM ASSEMBLEIA MUNICIPAL

Câmara prepara plano para travar "caos urbanístico" herdado

O Plano de Urbanização da cidade de Vila Real continua a gerar discórdia e acusação entre os partidos da direita e da esquerda. O documento foi aprovado, na segunda-feira, por maioria, mas sem o voto favorável do CDS e do PSD. 


Depois de os sociais-democratas acusarem o executivo socialista, liderado por Rui Santos, de estar a reduzir cerca de 45 por cento à área construtiva prevista no Plano Diretor Municipal da cidade, o município referiu que o plano vai servir para “travar o caos urbanístico” que foi herdado dos executivos anteriores do PSD, que procederam à “construção desenquadrada e de volumetria exagerada em vários pontos do concelho”. 

Em conferência de imprensa, Rui Santos adianta que tem havido “uma campanha de desinformação e demagogia” por parte do PSD, que tem servido para “criar alarme junto da população”. 

Por isso, o autarca vila-realense frisou que a redução que o plano contempla diz respeito a terrenos que nunca foram utilizados para construção, até porque são espaços onde é difícil fazê-lo

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários