DR

Polémica nas nomeações da lista de deputados do PSD

Manuela Tender acusa distrital de desprezar o seu trabalho. Fernando Queiroga, presidente da distrital do PSD, diz que o processo de escolha “foi o mais transparente”

 


A não inclusão da deputada do PSD, Manuela Tender, na lista de candidatos pelo distrito às próximas eleições legislativas, no dia 6 de outubro, não tem sido bem aceite pela deputada e por aqueles que a apoiam. A social-democrata tem emitido, nos últimos dias, vários comunicados nas redes sociais, onde enumera valores como ética, humanismo, proximidade e lealdade, dando conta que “as listas não são apenas conjuntos de nomes”, mas que “traduzem escolhas e transmitem sinais aos cidadãos”. A mesma chega a dizer que se verificaram no distrito de Vila Real “sinais dum profundo desprezo pelo trabalho, pelo humanismo, pela prestação regular de contas perante concidadãos, pela disponibilidade

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários