JPB

“O objetivo é a manutenção, se conseguirmos será como um apuramento para a Liga dos Campeões”

Arranca, amanhã, o primeiro desafio do SC Vila Real no Campeonato de Portugal. Depois de uma pré-época intensa, os vila-realenses têm, este domingo, o primeiro teste, em Viseu, diante o Lusitano Futebol Clube de Vildemoinhos.


Em conferência de imprensa, o treinador da formação alvinegra, Vítor Maçãs, adiantou que a sua equipa está a ganhar ritmo e que se encontra a encarar o primeiro jogo do campeonato como “o primeiro passo de uma grande caminhada”. 

“Vejo qualidade nos meus jogadores, possivelmente amanhã estarão mais ansiosos, mas encaramos o jogo como mais um passo”, adiantou. 

Relativamente ao adversário, o técnico reconheceu o seu valor e salientou o trabalho que a equipa tem feito nos últimos anos. 

“Sabemos que o Lusitano é uma equipa que está no campeonato há vários anos, sendo esta a quarta época do seu treinador. Na última temporada, acabaram no quinto lugar, pelo que tem tido um trajeto muito positivo”. 

Já no que diz respeito ao plantel do Vila Real, Vítor Maçãs referiu que o mesmo “não está fechado” e que “estará sempre aberto a alterações”, as quais espera que venham a ser entradas e não saídas de jogadores. 

Questionado se está satisfeito com os jogadores que tem à sua disposição, o professor deixou bem claro que os “treinadores são uns permanentes insatisfeitos e inconformados”. Além disso, chamou à atenção para as realidades do clube e deu conta que a formação tem que estar “em equilíbrio” com o orçamento do clube, que “é sempre limitado”. 

Para terminar, Vítor Maçãs referiu que o objetivo “é a manutenção de divisão”, feito esse que será equivalente a um apuramento para a liga dos campeões. 

Comentários