DR

Feira de produtos locais está de regresso a Vila Flor

A Terra Flor - Feira de Produtos e Sabores decorre entre 22 e 25 de agosto no Jardim de Santa Luzia que se transforma numa montra de sabores

 


O presidente da Câmara de Vila Flor disse que vai alargar o espaço da feira Terra Flor, aproveitado o investimento que está ser executado no centro da vila, orçado em 1,8 milhões de euros.

"O espaço atual limita um pouco o certame, porque não podemos acolher mais expositores por não haver condições para o efeito. Assim, no próximo ano, com a conclusão das obras em curso será possível alargar a iniciativa a mais participantes, para uma feira maior e mais central de forma a dinamizar o comércio local", disse à Lusa o autarca Fernando Barros.

A Terra Flor - Feira de Produtos e Sabores decorre entre 22 e 25 de agosto no Jardim de Santa Luzia que se transforma numa montra de sabores, com os melhores azeites, vinhos, queijos, compotas, mel, doçaria, fruta e outras iguarias, mas também artesanato.

A mostra conta com a presença de mais de uma centena de expositores, a maioria dos quais são do concelho de Vila Flor.

"Nos próximos anos, a Terra Flor, poderá receber comerciantes de outras zonas do país, com o alargamento da feira para as remodeladas áreas da vila que, para além de mas espaço, vão ser dotadas de equipamentos culturais e um no parque de estacionando", concretizou Fernando Barros.

O orçamento do certame, bem como da sua promoção, este ano, ultrapassa os 130 mil euros, sendo o certame considerado "um dos motores da economia local".

"Não foi fácil chegar até aqui e manter esta qualidade da feira. A Terra Flor foi o embrião de marcas e produtos que ganharam nome para fora de Vila Flor", explicou o presidente da câmara, Fernando Barros.

Durante os três dias em que decorre da Terra Flor serão organizados vários seminários sobre temáticas de interesse produção frutícola deste concelho da Terra Quente transmontana.

"A hortofruticultura começa a despertar interesse nos produtores para se juntarem e ganharem dimensão. Tudo isto tem muito a ver com a comercialização. Nós queremos que a feira cresça para a parte comercial para, assim, ajudar o comércio local, chamando pessoas", destacou Fernando Barros.

Segundo o autarca, o concelho de Vila Flor, tem atualmente grandes produtores de fruta, como o pêssego, com explorações com dimensão superior aos 100 hectares.

No campo lúdico e musical marcaram presenças nesta feira/festa nomes como Olavo Bilac, Rosinha ou os DJ´s Meninos do Rio.

 

Comentários