Agostinho Chaves

VILA POUCA 1 | 1 ATEI

Trabalhar e sofrer para não perder

Um jogo de grande emotividade, um jogo de enorme canseira (e de muita paciência) para a equipa local que praticou um futebol de boa qualidade. 


FUTEBOL AFVR — DIVISÃO DE HONRA

Na primeira parte, o Atei fez apenas um remate à baliza de Nuno Silva e obteve o seu golo quando estavam decorridos apenas 13 minutos. Até ao intervalo, os aguiarenses tomaram conta do jogo, procurando marcar. Mas o tempo foi passando sem que isso acontecesse. Aos 30 minutos, houve penálti a favor do Vila Pouca mas, na sua marcação, a bola foi ao poste e não entrou. O mesmo aconteceu logo na jogada seguinte, quando o mesmo poste tornou a fazer negaças à equipa aurinegra. Cinco minutos depois, houve uma grande oportunidade para a equipa da casa, numa série de remates culminada por um ressalto que fez a bola passar sobre a trave da baliza do Atei. Ainda antes de as equipas recolherem às cabines, o Vila Pouca esteve perto do empate, mas mais um ressalto levou a

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários