DR

Caminhadas para divulgar percursos do Vale do Tua

Iniciativa vai percorrer os cinco concelhos abrangidos pelo Vale do Tua e inclui passeios, seminários, workshops, locais para visitação, gastronomia e produtos regionais.


Entre maio e outubro, o Vale do Tua recebe um festival de caminhadas, que pretende dar “visibilidade aos percursos pedestres” que nos últimos anos se tornaram no principal atrativo desta zona de Trás-os-Montes.

Vila Flor é o primeiro concelho que recebe a iniciativa, designada “Tua Walking Festival”, que acontece no fim de semana de 16 e 17 de maio. No entanto, até outubro, estes eventos vão passar pelos cinco municípios que fazem parte deste território, nomeadamente Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor. 

O Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT) é o responsável pela organização e inclui nos percursos por aldeias, de forma a envolver as populações e passar a mensagem de que o potencial natural deste território tem impacto na economia local.

Artur Cascarejo, diretor do PNRVT, revela que os autarcas “perceberam que o turismo de natureza é uma alavanca fundamental para o desenvolvimento”, acrescentando que o financiamento do parque “é assegurado por 75 por cento dos três por cento da faturação anual de produção de energia da barragem”, que são geridos localmente. Os restantes 25 por cento destinam-se ao fundo ambiental criado para projetos de desenvolvimento na área de abrangência.

Criado há seis anos, o Parque já criou dois percursos para passeios pedestres em cada um dos cinco municípios, que permitem observar o património natural, cultural e edificado do Vale e que têm atraído turistas a este território.

“A estratégia do Parque é promover o capital natural no território do Vale do Tua”, sustentou o diretor.

A procura pelos percursos pedestres impulsionou a criação do festival anual de caminhadas que acontece este ano pela primeira vez e que inclui passeios, seminários, workshops, locais para visitação, gastronomia e produtos regionais.

Vila Flor é o município que abre o festival e o presidente, Fernando Barros, a destacar que os percursos pedestres são “o produto com mais visibilidade” do parque.

Para reforçar a oferta, foram inauguradas mais três pequenas rotas que fazem ligação aos percursos do parque. “É um pacote novo virado para o turismo, para a natureza”, salientou o presidente da Câmara de Vila Flor, realçando que este território pode “ser o complemento das grandes cidades”.

Entretanto, devido à aposta nesta área, foi criada uma nova empresa na região, a Naturthoughts Turismo de Natureza, que é parceira do parque nos percursos e no festival, tendo mesmo criado sete postos de trabalho permanentes.

De destacar também os vários programas que o Parque apoia, como os de empreendedorismo e ainda projetos empresariais novos. Por isso, vai candidatar-se ao programa nacional Startup Voucher para ser o primeiro organismo do género com um centro de apoio ao empreendedorismo regional.

 

 "A estratégia do Parque é promover o capital natural no território do Vale do Tua"

 Artur Cascarejo
 Diretor do Parque

 

 

 

 "Os percursos pedestres são o produto com mais visibilidade do parque"

 Fernando Barros
 Presidente da CM Vila Flor

Comentários