DR

PSP de Chaves deteve quatro emigrantes por “desobediência e desrespeito à quarentena”

Emigrantes são de Ribeira de Pena e trabalham no Luxemburgo.


Quatro emigrantes foram detidos, esta tarde, pela PSP em Chaves, por “desobediência e desrespeito à quarentena que foi imposta”.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 19 e os 46 anos, são naturais de Ribeira de Pena e trabalham no Luxemburgo. Entraram em Portugal no dia 22 de março e segundo o comandante da divisão flaviense, Luís Alves, foram notificados pela GNR na fronteira de Vila Verde da Raia e aconselhados a permanecer em quarentena os 14 dias determinados pela lei.

Por terem desobedecido à ordem, foram detidos e vão ser notificados e presentes na quinta-feira no Tribunal Judicial de Chaves para conhecerem as medidas de coação aplicadas.

Comentários