Arquivo/VTM

20 anos de prisão para empresário que matou em torneio de sueca

O tribunal de Vila Real condenou Paulo Clemente a 20 anos de prisão por vários crimes, entre os quais um de homicidio.  


O empresário, de 48 anos, acusado de ter matado um homem e ter ainda disparado contra mais quatro pessoas, durante um torneiro de cartas em Tuizendes, foi condenado em cumulo juridico a 20 anos de prisão. 

A leitura da sentença aconteceu há minutos no tribunal de Vila Real, mas o arguido não esteve presente na sala de audiências e ouviu a sentença por vídeo-conferência, desde o estabelecimento prisional de Vila Real.

O crime aconteceu na noite de 23 de dezembro de 2018, durante um torneio de sueca em Tuizendes, freguesia de Torgueda, em Vila Real. 

Mais informação na próxima edição

 

Comentários