DR

Detido em flagrante por provocar incêndio

Um homem foi detido em Rebordelo, no concelho de Vinhais, por suspeita de fogo posto.


O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Bragança, deteve esta segunda-feira um homem, de 64 anos, pelo crime de incêndio florestal na freguesia de Rebordelo.

A detetenção ocorreu na sequência de uma denúncia. Os militares da Guarda  deslocaram-se ao local do incêndio onde apanharam o suspeito com objetos que indicavam ter sido o responsável por provocar a ignição que se propagou e causou o respetivo incêndio, que viria a consumir 0,33 hectares de mato, não tendo colocado pessoas em risco.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Bragança.

A GNR dá conta, em comunicado, que a grande maioria dos incêndios registados no último ano teve origem na realização de trabalhos de gestão de combustível, queimadas e queimas de sobrantes de exploração, pelo que alerta para que "se evitem comportamentos de risco nos espaços florestais e agrícolas e, em caso de incêndio, ligue de imediato para o 112, transmitindo de forma sucinta e precisa a localização, a dimensão estimada e a forma de acesso mais rápida ao local".

Comentários