Márcia Fernandes

Voluntários recuperam casas e “sorrisos” de famílias carenciadas

Durante 13 dias, 25 voluntários da Just a Chance estiveram no concelho a recuperar habitações degradadas e prometem regressar em 2021 para continuar a espalhar solidariedade 

Veja a reportagem em vídeo AQUI


Miguel e Cândido Rodrigues são dois irmãos com vários problemas de saúde, que viviam em duas casas paralelas sem as mínimas condições de habitabilidade. Sem água canalizada e com sinais visíveis de degradação, as duas casas começam a ganhar agora outro conforto, com a colocação de um novo telhado e novas janelas, as paredes rebocadas e pintadas, canalização feita e também uma nova instalação elétrica.

Apesar de os trabalhos requererem mais tempo para serem finalizados, Miguel Rodrigues, de 56 anos, está agora mais feliz com a “nova casa”, onde vive desde que nasceu. “A casa está a ficar mais bonita. Os jovens estão a fazer um ótimo trabalho e também são uma ótima companhia”, diz emocionado à reportagem da VTM, que esteve em Vilela da Cabugueira, no concelho de Vila Pouca de Aguiar. 

Sem esta ajuda, estes dois irmãos não iriam conseguir fazer as obras, por isso não se cansam de agradecer às pessoas que se lembraram deles. “São jovens muito simpáticos que também nos fazem companhia nestes dias, pois estamos sempre aqui sozinhos”, revela o irmão mais falador, Miguel. Já Cândido, que perdeu uma perna num incêndio na própria casa, é menos expressivo e não gosta

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários