Semana Mundial de Aleitamento Materno

GRUPO DINAMIZADOR SMAM VILA REAL

Amamentação em tempo de COVID-19, uma preocupação com a sustentabilidade

A Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) é considerada um veículo para promoção da amamentação. Comemora-se, em Portugal, na 1ª semana de outubro. Na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, estas comemorações tiveram inicio em 2008, com um grupo de profissionais promotores do aleitamento materno de diferentes instituições de saúde e ensino da região.


A cada ano, a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação (WABA) define o tema a ser trabalhado. Em 2020, o tema é “Apoiar a amamentação para um planeta mais saudável”. O objetivo é alertar para a necessidade urgente de se proteger, promover e apoiar o aleitamento materno como contributo para a saúde. Amamentar é um “ato ecológico”. Esta prática não polui, poupa recursos energéticos e diminui o desperdício.

Em tempos de pandemia, uma das preocupações das mães é a de como amamentar em segurança. Cabe aos profissionais de saúde o papel de informar sobre práticas seguras de amamentação, os benefícios do leite materno e desmistificar medos.

Amamentar é a forma mais natural de iniciar a alimentação, apresentando múltiplos benefícios para a saúde, a nível nutricional, anti-infecioso, imunológico e cognitivo. Favorece também à mãe uma rápida recuperação após o parto, diminui o risco de cancro da mama e do ovário, facilita a vinculação e o equilíbrio emocional da criança.

Posto isto e não existindo, até à data, evidência científica de que o SARS-COV-2 seja transmitido de mãe para filho, através do aleitamento materno, os benefícios trazidos pela amamentação sobrepõem-se.

De acordo com as múltiplas Entidades Reguladoras da Saúde, as mães infetadas com SARS-COV-2 podem amamentar com condordância e esclarecimento da mesma, desde que reúna condições clínicas. Para tal, devem ser asseguradas as boas práticas de higiene e tomadas precauções para evitar a transmissão:

• lavar as mãos com água e sabão (20 segundos), antes e após a mamada e/ou extração de leito materno com bomba manual/elétrica,

• usar máscara cirúrgica

• evitar tocar na boca, nariz e olhos da criança

• lavar e desinfetar adequadamente objetos e superfícies (com água e sabão e/ou soluções alcoólicas a 70%).

O Grupo dinamizador da Semana Mundial do Aleitamento Materno da região de Trás-os-Montes e Alto Douro, vai associar-se novamente a estas comemorações, este ano num contexto diferente, mas com o mesmo foco:  Promoção, Proteção e Apoio ao Aleitamento Materno, realizando no dia 30 de setembro um WEBINAR, com a temática: “Amamentação, Contributo Para a Sustentabilidade do Planeta”.

A participação no evento é gratuita e a inscrição
pode ser realizada através do link: https://forms.gle/WY8f99KABi115d3x7

Comentários