DR

Região procura adaptar-se às alterações climáticas

Durante dois dias, a CIM do Alto Tâmega, enquanto promotora do PIAAC-AT, juntou a equipa responsável pela elaboração do plano, os seis municípios que a integram e outros atores chave da região, para apresentação e discussão das opções de adaptação do Alto Tâmega face às alterações climáticas, tendo em conta as vulnerabilidades que foram identificadas no território.


A agricultura e biodiversidade, floresta, recursos hídricos, socioeconómica, turismo e lazer, ordenamento do território e segurança de pessoas e bens foram os setores prioritários identificados para o Alto Tâmega e sobre os quais incidiram as sessões de trabalho, onde estiveram presentes cerca de 50 participantes. 

O aumento do consumo de água, a diminuição da produtividade pecuária e agrícola

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários