DR

Duas utentes de um lar em Mogadouro morreram com Covid-19

Notícia foi confirmada à agência Lusa pela direção do Lar Avó Guilhermina.


"Hoje foi registada a morte de duas senhoras com 86 e 85 anos que padeciam de diversas patologias associadas", indicou a responsável da instituição, Ana Bela Lopes.

Num universo de 18 utentes e 10 funcionários, este lar tinha, a 22 de outubro, e de acordo com informações dadas à data pelo presidente da câmara de Mogadouro, Francisco Guimarães, 14 utentes e seis funcionários com testes positivos para o novo coronavírus.

De acordo com o autarca, todos os infetados estavam assintomáticos.

Os primeiros dois casos positivos naquele lar foram detetados no dia 21 de outubro.

O Lar Avó Guilhermina, em Vilarinho dos Galegos, já foi desinfetado e os utentes positivos e negativos estão separados em duas alas distintas, não havendo o cruzamento de pessoas.

Comentários