DR

Dois homens detidos por caça ilegal

Homens foram detidos, pela GNR, no concelho de Mirandela, pela prática de um crime contra a preservação da fauna e espécies cinegéticas.


O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo Proteção Ambiental (NPA) de Mirandela, deteve, esta terça-feira, dois homens, de 55 e 56 anos, pela prática de um crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas, nomeadamente caça de espécies não cinegéticas, no concelho de Mirandela.

A detenção aconteceu durante uma ação de patrulhamento, na qual os militares da GNR detetaram os homens que, de forma dissimulada, montaram um sistema proibido de captura de aves consideradas como espécie não cinegética, neste caso pintassilgos.

Os dois homens foram detidos em flagrante delito e foi ainda identificado um jovem, de 15 anos, que os acompanhava.

Em comunicado, a GNR fez saber que, no decorrer da ação foram apreendidas "três jaulas para aves, um aparelho chamariz, duas redes e vários objetos e ferramentas destinados a servir de apoio à atividade ilegal", tendo também sido encontrada uma ave "já capturada", que acabou "libertada e devolvida ao seu habitat natural".

Os detidos foram constituídos arguidos e, após terem sido presentes ao Tribunal Judicial de Mirandela, "foi-lhes aplicada uma pena de multa no valor de 500 euros a cada um", havendo a possibilidade de ser substituída por "100 horas de trabalho comunitário", lê-se na nota.

Comentários