DR

Peso da Régua com medidas de apoio imediato à economia local

A Câmara da Régua anunciou hoje medidas de “apoio imediato” às famílias, restauração e comércio para minorar o impacto da pandemia de covid-19, contemplando vales de descontos, devolução do IMI e isenção das tarifas fixas de água e saneamento.


A autarquia do distrito de Vila Real disse que as medidas definidas pelo Governo no âmbito do atual estado de emergência, vão trazer “consequências graves para a economia, sobretudo, para a área do comércio e restauração”.

“Nós podíamos ficar indiferentes ao momento que os agentes económicos estão a passar e vão passar com as medidas de contingência implementadas”, afirmou à agência Lusa o presidente do município do Peso da Régua, José Manuel Gonçalves.

O concelho duriense tem 69 casos ativos de infeção pelo novo coronavírus, 207 desde o início da pandemia, e integra a lista de 121 concelhos com risco elevado de transmissão do vírus que estão sujeitos a medidas mais restritivas de combate à pandemia.

Com o objetivo de reduzir o impacto das restrições na economia familiar, no comércio e na restauração do concelho do Peso da Régua, a câmara anunciou “medidas de apoio imediato”, inspiradas em outras já tomadas no “passado com sucesso”, no período pós confinamento.

Assim, a câmara vai proceder à isenção das tarifas fixas de água e saneamento ao comércio e restauração, referentes aos meses de novembro e dezembro.

Vai ainda devolver o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) a quem exerce a exploração dos restaurantes, sejam eles proprietários ou arrendatários, referente a dois meses de 2020, através de candidatura junto da Associação Comercial e Industrial dos concelhos do Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião e Mesão Frio (ACIR).

O município vai ainda emitir um vale, no valor de um euro por cada metro cúbico de água, que será distribuído em anexo ao recibo, podendo ser descontado no comércio tradicional e restauração.

Este vale será distribuído em novembro para que as famílias usufruam do mesmo durante o mês de dezembro.

José Manuel Gonçalves explicou que o município duplicou o valor atribuído de 50 cêntimos para um euro por cada metro cúbico de água, no âmbito do apoio que já tinha sido implementado aquando do desconfinamento.

“Aproximando-se a época de Natal, o que também queremos é incentivar as compras no comércio tradicional”, frisou.

A Câmara Municipal do Peso da Régua disse que, com estas medidas pretende apoiar as famílias, o comércio e a restauração, porque acredita que a “recuperação económica depende da ajuda prestada nesta fase crucial”.

“É um sinal de confiança, que acreditamos neles para o futuro e que estamos aqui para passar estas dificuldades em conjunto”, afirmou o autarca.

Portugal contabiliza pelo menos 2.959 mortos associados à covid-19 em 183.420 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Comentários