Arquivo/VTM

Autarquia propõe Fundo de Emergência Empresarial superior a 300 mil euros

O município de Bragança pretende avançar com a criação de um Fundo de Emergência Empresarial de 350 mil euros, para proteger a economia e o emprego em empresas com sede no concelho.


"O executivo municipal vai apresentar, para deliberação em reunião extraordinária de câmara, a realizar no início da próxima semana, a criação de um Fundo Municipal de Emergência de Apoio Empresarial com dotação de 350 mil euros a fundo perdido", concretizou, em comunicado, o município de Bragança.

Segundo a mesma nota, o objetivo deste Fundo passa por proteger a economia e o emprego, com a dotação de 350 mil euros, para apoio a fundo perdido a empresas até 25 trabalhadores, com sede ou domicílio fiscal no concelho de Bragança, que tenham registado quebras de faturação igual ou superior a 25%.

A proposta foi decidida "na sequência das novas restrições inerentes à entrada em vigor do estado de emergência, no território nacional, e de forma particular nos concelhos com maior risco de contágio, incluindo Bragança", vinca o documento.

As empresas abrangidas por este Fundo são as que se dedicam ao comércio a retalho, serviços, alojamento e hotelaria, restauração e similares, animação e atividades das artes do espetáculo, entre outras e as candidaturas decorrem entre 16 e 30 de novembro, através do preenchimento de um formulário ‘online' disponível em www.cm-braganca.pt.

Recorde-se que em maio deste ano foi lançado o Fundo Municipal de Emergência de Apoio às Microempresas, que beneficiou 261 empresas.

Comentários