DR

Autarca “chama A atenção” para o atraso nos contactos a casos de Covid-19

Sabendo da falta de recursos humanos, Fernando Queiroga propõe que outros funcionários públicos de outras instituições e entidades possam ajudar no contato a pessoas que testaram positivo e que estão em isolamento


O presidente da câmara de Boticas alertou para o facto de os contatos a pessoas que testaram positivo não estrarem a ser feitos atempadamente, e teme que isso poderá ser um fator facilitador de contágio por Covid-19. 

“Por exemplo, há um aluno de uma turma, suspeito, que vai fazer o teste. Só sabe do resultado no mínimo três dias depois. Três ou quatro dias

 

Se já é assinante faça aqui o seu login       ou       Clique aqui para ver OS EXCLUSIVOS da VTM

ASSINE AGORA A VOZ DE TRÁS OS MONTES

Acesso exclusivo e ilimitado
à edição digital
(site + e-paper)

Comentários