DR

Autarquia cria Fundo de Emergência com 170 mil euros para apoiar empresas

O município de Mogadouro criou um Fundo de Emergência Municipal (FEM) com uma dotação de 170 mil euros para mitigar o impacto da pandemia de covid-19 nas microempresas com sede no concelho.


Em declarações à Lusa, o presidente Câmara de Mogadouro, Francisco Guimarães, disse que se revela "imperioso" amenizar o impacto económico da pandemia provocada pelo novo coronavírus nas pequenas e microempresas do concelho.

"Neste âmbito, merecem especial atenção, pela particular gravidade dos prejuízos que estão a sofrer, os setores da restauração e similares, do comércio a retalho e empresas produtoras de determinados serviços, sendo o FEM importante para a sustentabilidade deste território", acrescentou o autarca eleito pelo PS.

A este FEM poderão candidatar-se as microempresas que tenham até 15 trabalhadores, com sede ou domicílio fiscal no concelho de Mogadouro, no distrito de Bragança.

"Este fundo visa apoiar financeiramente empresas que tenham registado quebras de faturação igual ou superior a 21% nos primeiros nove meses de 2020, comparativamente a 2019", explicou Francisco Guimarães.

O autarca transmontano disse também que este FEM é a segunda fase de um processo que teve início durante o período de confinamento obrigatório, que decorreu durante meses de abril e maio e, na altura, foi dotado de 200 mil euros.

"Estes 170 mil euros atribuídos ao Fundo estão disponíveis apenas até ao final do ano de 2020. Este fundo é dirigidos a todos os empresários que reúnam os requisitos enumerados no documento que sustenta o FEM", especificou.

Mediante as quebras na faturação, o município de Mogadouro poderá atribuir verbas "fundo perdido" aos empresários e que poderão chegar aos mil euros.

Segundo Francisco Guimarães, na primeira fase de apoios houve "muitas" candidaturas mas não se gastou a totalidade dos 200 mil euros disponíveis.

As cerca de 150 empresas instaladas no concelho de Mogadouro podem começar a solicitar desde já, a solicitar os apoios previstos.

Segundo o último boletim epidemiológico emitido na quinta-feira pela Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, o concelho de Mogadouro registava 34 casos ativos de covid-19.

 

Comentários