40 mil euros para apoiar alunos universitários

A câmara municipal de Macedo de Cavaleiros vai investir 40 mil euros em bolsas de estudo para o Ensino Superior. A fase de candidaturas já arrancou e vai prolongar-se até 12 de março.


“Sempre que possível, e no que estiver ao alcance deste executivo, nenhum aluno macedense vai deixar de estudar por carências económicas”, refere o presidente da câmara municipal. Benjamim Rodrigues explica que esses são os princípios que norteiam o programa ‘Macedo Educar’ que, entre outros apoios, prevê a atribuição de bolsas de estudo para frequência do Ensino Superior. Para se poderem candidatar, os alunos interessados têm de reunir um conjunto de condições, entre as quais se destacam a obrigatoriedade de residir há pelo menos dois anos no concelho e ter frequentado um estabelecimento de ensino em Macedo de Cavaleiros.

Para o autarca, “este é um apoio que beneficia também o nosso território, já que com esta iniciativa estamos também a contribuir para a formação de quadros técnicos superiores e para um maior e mais equilibrado desenvolvimento social, económico e cultural no nosso concelho”.

 “Temos todo o interesse em ter mais quadros técnicos com qualificações superiores pois isso pode representar novas oportunidades de investimento no concelho”, afirma Benjamim Rodrigues.

Além das bolsas de estudo para o Ensino Superior, o programa ‘Macedo Educar’ prevê também a oferta de livros de fichas aos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico e a atribuição de um prémio de mérito para os dois alunos com a melhor média na classificação final de cada Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário.

“É mais um incentivo. Com a certeza, porém, que a despesa em educação não é um gasto, mas sim um investimento no futuro”, conclui o presidente da câmara de Macedo de Cavaleiros.

 

Comentários