Tribol com espaço renovado no regresso ao areal do Codessais

Evento arranca esta sexta-feira e prolonga-se até domingo, em que promete muita animação e não esquece a solidariedade, em que todos são convidados a ajudar com a entrega de um bem alimentar.

ENTREVISTA A RUI SANTOS, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA REAL

“A curto prazo serão criados 1000 postos de trabalho”

Num ano “intenso” para Vila Real, Rui Santos acredita que o melhor ainda está para vir, com a criação de mil postos de trabalho através de investimentos privados que estão a ser concretizados no terreno e outros que poderão vir a instalar-se no concelho. Sem rodeios, aborda todas as questões, como a fatura da água, o edifício do Parque, os transportes públicos e muitas novidades para 2017, ano em que finalmente Vila Real poderá receber a tão desejada Loja do Cidadão… 

 

Portugal é campeão europeu

As bandeiras, os cachecóis e o nosso Hino

A notícia já não é nova (nasceu no domingo que passou, vinda de Paris), mas sempre salientaremos aqui a vitória de Portugal no Campeonato da Europa de Futebol, após o golo de Éder que garantiu a posse de um troféu que já se escapara entre os dedos lusos em algumas ocasiões, muito especialmente em 2004.

Guia oficial do 46º Circuito de Vila Real

Guia oficial do 46º Circuito Internacional de Vila Real 2016

Túnel do Marão

A obra que foi inaugurada a 7 de maio tem um significado grandioso para Trás-os-Montes e Alto Douro.

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS 2016

“Primavera” de votos para Marcelo

As eleições de 24 de janeiro (“Presidenciais 2016”) não tiveram, na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, cambiantes assinaláveis em relação ao que aconteceu no todo nacional. Como no resto do país, registou-se uma significativa concentração de votos na candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa, sem qualquer foco de surpresa. Depois, pela ordem percentual, foram votadas as propostas de Sampaio da Nóvoa, Marisa Matias, Maria de Belém, Vitorino Silva, Edgar Silva, Paulo Morais, Henrique Neto, Jorge Sequeira e Cândido Ferreira.

Eleitorado escolheu a continuidade

Quando muitos aguardavam o momento de crucificar as empresas e entidades que levaram a cabo a feitura de sondagens, eis que, conhecidos os resultados eleitorais, se confirmaram as previsões e projeções por elas avançadas: a coligação “PàF” “Portugal à Frente” (PSD+CDS) venceu as eleições, com 38,48%, situando-se o Partido Socialista em segundo lugar, com 32,38%. A jovialidade do Bloco de Esquerda levou de vencida a mais circunspecta CDU, roubando-lhe o terceiro lugar

A Voz dos candidatos

No próximo domingo os portugueses vão se deslocar às urnas. Em causa está a escolha dos seus representantes no Parlamento Nacional. 230 lugares para preencher, oito dos quais mediante a escolha dos transmontanos. Depois de agitadas as bandeiras, de esclarecidas as propostas e feitas as promessas, resta ao povo escolher…

Balanço de Mandato - Valpaços

“Alavancar a economia local é a nossa bandeira”

Valpaços tem apostado em grande na promoção dos tesouros que brotam das suas terras, no azeite, no vinho, na castanha, na amêndoa, na maçã… A aposta na qualificação e na valorização dos recursos do setor primário é, por isso, uma das prioridades do atual executivo, que está “apenas no início de um percurso”. Sem perder de vista as questões básicas que garantem a qualidade de vida dos valpacenses, Amílcar Almeida referiu à VTM dois projetos, entre muitos, que estão sobre a mesa: a certificação do folar e a construção de um novo pavilhão contíguo ao multiusos. Defensor de um processo de regionalização que respeite “a identidade de cada território” e traga “competências e poderes” para cada região, o autarca acredita que a organização em Comunidades Intermunicipais (CIM) faz “sobressair as potencialidades de cada Município”, num trabalho conjunto que faz jus à máxima: “juntos somos mais fortes”.