Máscara de Lazarim quer “chancela” da UNESCO

Processo de candidatura já está no terreno e dentro de um ano, a autarquia pretende ter a máscara inscrita no inventário nacional cultural imaterial