Segunda-feira, 2 de Agosto de 2021
Nuno Gonçalves
Presidente da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo

O combate à Covid-19

No início desta pandemia, o Município de Torre de Moncorvo percebeu a gravidade da situação e procedeu de forma a minimizar a propagação da covid-19. Desinfetamos todos os espaços públicos e equipamentos de deposição de resíduos, procedemos à colocação de proteções nos balcões de atendimento do Município e Centro de Saúde, colocamos em circulação um […]

-PUB-

No início desta pandemia, o Município de Torre de Moncorvo percebeu a gravidade da situação e procedeu de forma a minimizar a propagação da covid-19. Desinfetamos todos os espaços públicos e equipamentos de deposição de resíduos, procedemos à colocação de proteções nos balcões de atendimento do Município e Centro de Saúde, colocamos em circulação um veículo de sensibilização pelas freguesias, ajudamos nos pedidos de receitas à população, realizamos testes covid-19 aos funcionários das IPSS, criamos duas unidades de acolhimento, adquirimos equipamento de proteção individual, criamos uma base de dados de voluntariado e cancelamos todos os eventos, e utilizamos o seu orçamento no combate à covid-19.

Para apoiar a população e os agentes económicos, suspendemos o pagamento de rendas dos espaços concessionados pelo Município, estamos a fornecer refeições a quem se encontra em isolamento profilático e aos alunos do 1º ciclo do Escalão A e B. No que diz respeito à educação, implementamos aulas online na Escola Municipal Sabor Artes, estamos a entregar a matéria escolar aos alunos do Escalão A e B do 1º ciclo e disponibilizamos nos canais online do município atividades para crianças do pré-escolar e do 1º ciclo.

Para o regresso à normalidade dos moncorvenses criamos uma forma de circulação segura para peões, no centro da vila, e distribuímos 10.000 máscaras pela população e instituições do concelho.

De futuro pretendemos privilegiar a aquisição de bens e serviços às empresas locais, reduzir a tarifa variável da água e saneamento para os não domésticos, permitir a duplicação do espaço destinado a esplanadas e possível isenção das taxas devidas, implementar a mobilidade dos serviços do Balcão Único nas freguesias, disponibilizar uma linha telefónica de apoio social, distribuir leite escolar aos alunos do 1.º ciclo do ensino básico e reforçar a atuação do Banco Solidário.

Não menos importantes são os apoios implementados pela CIMDOURO de cerca de 20 milhões de euros, que servirão para apoiar empregadores e trabalhadores das empresas da região.

Termino, referindo que para este executivo a preocupação com a população do concelho sempre esteve em primeiro lugar e sempre estará!

Mais Lidas | opinião

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.